Vem aí Little Fears - Pesadelo.

A editora Retropunk anunciou no dia de ontem, 06/05/13, o início do financiamento coletivo do mais novo RPG a ser trazido para terras tupiniquins: "Little Fears - Pesadelo". Mas do que se trata este RPG? Little Fears é um RPG que foi lançado pela primeira vez em 2001 pela Key 20 Publishing escrito por Jason L. Blair. Neste RPG os jogadores tomam o papel de crianças na faixa etária de 6 a 12 anos que são assombradas e perseguidas por fantasmas e monstros, como o "Bicho-Papão", o "Monstro do Armário", etc. O jogo foi indicado para o Prêmio Origins como o "Jogo de RPG do Ano" em 2002. O livro foi indicado também, e ganhou, para o Prêmio da RPGnet de "Jogo mas Pertubador/Controverso" de 2001.

A versão original do jogo trás uma advertência do FBI sobre o número de crianças que desaparecem nos EUA por ano, vítimas de sequestros ou que simplesmente sumiram sem deixar rastros. Aqui vale a pena destacar que o jogo teve sua versão original modificada em 2009 quando foi lançada "Little Fears - Pesadelo", versão que será lançada por aqui pela Retropunk. Da versão original foram removidos alguns vilões, como os Seven Kings e o Demagogo, dando uma maior explicação sobre Closetland, o mundo onde vivem os monstros (parece que na versão nacional será chamado de Armariolândia). 
A construção de personagens passa por um questionário que deve ser respondido pelo jogador para se estabelecer como será a criança que ele interpretará. Depois o jogador deverá preencher seus AtributosThink (inteligência), Speak (habilidade de convencimento), Fight (força e luta), Move (agilidade) e Care (capacidade de conexão com outros seres vivos), com os pontos determinados pela sua faixa etária. Depois vem as Virtudes e Qualidades que estão em uma lista para o jogador escolher. Existem três tipos de testes que podem ser feitos durante o jogo: Quizzes, que são testes sem oponente, Tests, que possuem um oponente, e Exams, que são testes de longo prazo. O jogador escolhe um atributo apropriado, adiciona uma qualidade e rola quantos D6 tiver direito. Em seguida ele deve escolher seus três maiores resultados e somá-los para bater o nível de dificuldade estipulado pelo Mestre.
O jogo tem uma ideia interessante principalmente se lembrarmos de quando éramos crianças e víamos o mundo com outros olhos. Crianças aterrorizadas por monstros que os adultos não podem ver nem ouvir, lutando por suas vidas. Vale destacar também que crianças com mais de 12 anos já não veem os monstros e agem como os adultos, não acreditando nos pirralhos. Pensei em filmes como "A Casa Monstro" (só que com uma pegada com mais terror), "It" de Stephen King (aquele do palhaço-monstro, lembram?) e "Caso 39" (que tem Renée Zellweger como uma assistente social que leva para sua casa uma orfã que na verdade é a encarnação de um monstro. Imagine seus pais adotando seu novo irmãozinho e ele é assim?) como ideias para aventuras a serem contadas. Mas o mestre não deve se preocupar com isso, já que no final do livro há várias ideias de aventuras e como inciar sua campanha de "Little Fears - Pesadelo".

Quem quiser dar uma conferida no projeto de financiamento coletivo da editora clique AQUI e participe. Lembrando que muitos itens descritos estarão disponíveis apenas no projeto, portanto não perca tempo e se junte a garotada na caça aos monstros do seu armário.

Caso queira dar uma conferida em uma resenha feita pela editora em sua revista eletrônica "Rolepunkers" clique AQUI e baixe a edição #5.

André Cruz é professor de história, mestre e jogador de RPG desde criança e apesar de nunca mais ter visto monstros sempre que vai dormir olha embaixo de sua cama e tranca seu armário do quarto. Só por precaução.


3 comentários: (+add yours?)

Lyonn Jarrie disse...

Excelente matéria!
Que venha o Little Fears; Pesadelo!

André Cruz disse...

Valeu Lyonn! Em breve estaremos caçando monstros por aí.

André disse...

expectativa!

Postar um comentário